Friday, November 06, 2015

 

Oscar Quiroga - 2812

Tu és toda a humanidade

Nem tudo que sentes começa em ti e, por isso, é inconveniente que tentes personalizar esses sentimentos, isso seria algo assim como despertar e encontrar um elefante azul em teu dormitório e começar a argumentar sobre como foi que tu o colocaste aí. O elefante azul está aí, mas não foste tu que o colocou nesse lugar, ele precisa ser identificado e interpretado, porém, não como produto teu, individual, mas como algo maior que te transmite uma mensagem. Muitas das angústias que não podes explicar, já que nada de tão angustiante acontece contigo, são provenientes de milhares de refugiados que tiveram seus lares destruídos ou dos milhares de homens e mulheres que sofrem injustiças cotidianamente. Tu sentes tudo isso porque tu não és apenas uma entidade individual, tu és toda a humanidade.

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?