Tuesday, January 19, 2016

 

Oscar Quiroga - 2884

O Arco

A definição do teu ser não está nos traumas pelos quais te condóis nem tampouco pelos acontecimentos que te exaltam e pelos quais te parabenizas. A definição do teu ser está num arco que une condolências e regozijos e no qual estão escritas frases que só o amor é capaz de decifrar. Ainda não percebeste que não há mal que dure para sempre nem tampouco bem que seja eterno? A única permanência da qual podes ter certeza é a da constante oscilação entre os opostos. Para que essa oscilação não te açoite com vertigem precisas compreender e aceitar que não há nada que seja completamente mau nem tampouco existe algo ou alguém que seja absolutamente bom. Tentar viver exclusivamente numa ou noutra direção põe teus pés num caminho de ilusões que te drena energia e te faz perder o precioso tempo de viver.

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?