Tuesday, February 16, 2016

 

Oscar Quiroga - 2910

A consciência


A consciência tem de se haver simultaneamente com duas realidades, ela percebe e intervém no mundo objetivo e também na direção do mundo subjetivo. Contudo, tu afirmas que apenas a objetividade mereça o status de realidade enquanto tratas a subjetividade com pudor, suspeitando que talvez essa percepção não passe de fantasia. Assim é que metade de tuas experiências acaba sendo desvalorizada e tu nem sabes o que fazer com ela. A simultaneidade da consciência não te torna uma entidade ambígua, como poderia pensar-se, mas alguém com capacidade de ter perspectivas mais amplas do Universo e, por isso, capaz de fazer escolhas. Tua liberdade está vinculada a essa simultaneidade da consciência e, enquanto não a aceitares e amares com toda tua força, não podes sequer te considerar uma pessoa livre.

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?