Monday, February 29, 2016

 

Oscar Quiroga - 2922

Mundo divergente


Qualquer estranheza que sintas por hoje ser um dia que só acontece a cada quatro anos, mais estranha será ainda a sensação quando descubras a razão de ser virtualmente impossível dobrar aqueles que cometem crimes e atentam contra o bem-estar geral do mundo. Ninguém, dentro de si mesmo, pensa sequer por um instante sobre a possibilidade de estar cometendo um erro, pois, com a mesma força da inefável certeza que te faz erguer o dedo e acusar os crimes de lesa humanidade, esses criminosos se convencem de que fazem o certo, de que apenas jogam o jogo do mundo em que existem e nada além disso. O mundo, terás de reconhecer, é uma dinâmica divergente. No máximo há algumas correntes em torno das quais grupos de pessoas se organizam, mas cada corrente diverge da outra e todas, sem exceção, pensam ser a verdade. 

Labels:


Comments:
" Ninguém, dentro de si mesmo, pensa sequer por um instante sobre a possibilidade de estar cometendo um erro,"
diga por sí mesmo,seu psicopata infeliz
 
Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?