Monday, March 21, 2016

 

Oscar Quiroga - 2940

O momento sempre foi agora


Cada justificativa que inventas para te abster da ação necessária é um peso que se agrega ao fardo que carregas em tua consciência. De forma inadvertida, mas com certo toque de agressão, opinas que não fazes o que sabes ser necessário porque a 'sociedade' não te permite. No fundo reconheces a falácia de teu discurso, mas ainda assim preferes continuar ganhando tempo, para que? Para continuar te abstendo de fazer o que sabes ser necessário? O momento é agora, sempre é e continuará sendo agora! E em determinadas épocas, em que várias e diversas questões convergem para te sacudir e te informar claramente que continuas perdendo o precioso tempo de tua existência, reages com ainda maior agressividade a tudo, como se o mundo te perturbasse e fosse um corpo estranho do qual tua presença está desvinculada.

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?