Thursday, May 26, 2016

 

Oscar Quiroga - 3004

Que tua inteligência seja generosa!


Quando o brilho de tua própria inteligência te autorizar a tratar uma parcela de nossa humanidade como ignorante e te sentires por cima dos teus semelhantes, mesmo sem nunca te atreveres a confessar, sequer à tua própria alma, a sensação de superioridade que se incorporou em ti, então começará a tua queda, tuas asas de Ícaro pretensioso queimarão de forma irreversível e não terás como te sustentar na elevação. Então, se tudo der mais ou menos certo, começarás a entender que o brilho pelo qual te apaixonaste nunca foi teu, que tua inteligência não significa nada a não ser pelo que ela percebe e pela realidade que a faz existir. Se tua inteligência que brilha, porque a Vida é generosa e a faz existir, não for tão generosa quanto ela, então assinas tua sentença de morte. Que tua inteligência seja generosa!

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?