Wednesday, July 20, 2016

 

Oscar Quiroga - 3057

Por trás do medo


Um dia qualquer desses, um dia comum, um dia daqueles em que pareceria que nada demais iria acontecer, nesse dia tu terás de enxergar teu medo no fundo dos olhos e amedronta-lo com a mesma força com que te subjugou por tanto tempo já, que talvez sequer te lembres que um dia tua alma foi destemida e que assim o continua sendo. O medo, deves saber, não te ameaça, mas te convida a que abras suas portas e observes que todo seu poder provém do atrevimento que ele oculta. Serias inconsciente do medo se não tivesses anseios que precisassem de atrevimento para ser realizados. Da próxima vez que sentires medo, e não vai demorar para isso acontecer, não foge, fica firme, te deixa impregnar por esse medonho estado de ânimo. Assim reconhecerás o atrevimento que ele oculta, mas que pretende te revelar.

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?