Wednesday, October 12, 2016

 

Oscar Quiroga - 3140

A bênção de existir


Ao despertar, agradece à Vida de tua vida por te conceder a bênção de existires entre o céu e a terra e se, por desventura, estiveres te atormentando com o equívoco de que essa seria uma maldição, respira o Universo em que te movimentas e experimentas ser, e em cada inspiração preenche os interstícios de todo átomo de tua constituição com a glória do infinito, e em cada expiração expurga a densidade de teus equívocos. Por pura teimosia, insistes em existir como se tudo fosse uma maldição. São inúmeros os sinais que te contradizem, mas tu preferes fingir que não os percebes, como se o equívoco da maldição te tornasse alguém mais interessante. Só que não, isso é apenas medíocre, sinto te dizer. E se isso te ofende, experimenta o que te recomendei por uns dias e verifica os resultados.

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?