Saturday, October 15, 2016

 

Oscar Quiroga - 3143

A justa medida


Da mesma forma com que é falsa a afirmação de que a realidade percebida pelos cinco sentidos seja ilusória, tampouco te convenças de que tua presença seja uma poeira insignificante no Universo. Nem tanto para lá nem muito para cá, tudo em sua justa medida. O que percebes pelos cinco sentidos é real, mas não é a única realidade, essa se compõe com outras sutis, mas não menos reais. Tua presença é infinitesimal diante das dimensões cósmicas, porém, inextricavelmente vinculada ao Infinito. Tudo é grande e pequeno ao mesmo tempo, tudo é concreto e abstrato simultaneamente, se tu preferes uma dessas pontas à outra, então, sim, te iludes, porque decides ser parcial em vez de inteiro. A justa medida consiste em te equilibrares entre o concreto e o abstrato, entre o infinito e o infinitesimal. 

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?