Friday, November 04, 2016

 

Oscar Quiroga - 3163

A decisão íntima


Para os que praticam a retidão resta a percepção de que o mundo anda por linhas distorcidas e que, inclusive, é governado pelos ímpios. Para os que não praticam a retidão, aqueles que a praticam são vistos como tolos, que não conseguem enxergar como as coisas funcionam no mundo e o quanto as distorções que, eles e elas imaginam ser necessárias, ajudariam, em última instância, a beneficiar muita gente. Não se trata, por isso, de perder tempo fazendo acusações, uns e outros estão certos, ninguém está errado, a culpa é sempre dos outros. Trata-se, em verdade, de coordenar céu e terra e isso é algo que se decide no íntimo do coração, não necessariamente sendo o reflexo de como se comporta a maioria, mas da tênue percepção que todos vamos adquirindo a respeito de como a Vida de nossas vidas funciona.

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?