Monday, November 28, 2016

 

Oscar Quiroga - 3187

Alguém tem de ter a culpa!


Logo ao despertar, algo não dá certo como deveria acontecer habitualmente, então tu emites alguma palavra atravessada como expressão de tua contrariedade. De imediato, a pessoa mais próxima se ofende porque acusa recibo da contrariedade, mas tenta se defender e se livrar o quanto antes de qualquer vestígio de culpa, esse sentimento medonho. O ambiente fica tenso, nada se resolve, essa tensão vai embora à rua com cada um dos participantes que, por sua vez, esbarram com tantos outros que também experimentaram as mesmas condições minutos antes. Todos, além de comungar nessa tensão, têm em comum um objetivo essencial: alguém tem de ter a culpa! Buscam-se culpados para esse mal-estar que circula generoso pela alma de nossa humanidade. Quem gostaria de ocupar esse lugar? Alguém aí se candidata?

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?