Monday, May 29, 2017

 

Oscar Quiroga - 3364

Tragédia e heroísmo

Há uma vertente trágica em nossa humanidade, não necessariamente por ser um desastre doloroso, mas porque nos transforma em entidades destinadas a repetir o que nos ensinaram, reproduzir fórmulas, ideações e comportamentos que, apesar de contrariarem o que percebemos e ansiamos para nós mesmos, continuamos nessa vertente, acomodados e mimetizados. Assim passamos nossas existências como seres trágicos, sabendo, no íntimo, que poderíamos tomar atitudes para quebrar essa vertente, mas como requer decisões que contrariam a vertente trágica, imaginamos que não somos capazes e, assim, voltamos à tragédia. Podemos ser heróis e heroínas da história ao apostar em nossas visões do futuro e nos atrevermos a tomar atitudes que quebrem a inércia das repetições. Todos podemos, nem todos queremos.

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?