Friday, May 19, 2017

 

Saúde e Água Salgada


"A vida só vem da vida e da morte só vem morte", Jesus de Nazaré

Os oceanos são constituídos de água salgada. Os oceanos estão cheios de vida animal, como baleias, golfinhos, polvos, tainhas, sardinhas, ostras, mexilhões, etc. Portanto, água salgada é uma substância saudável, não tóxica, para uma grande quantidade de animais. Será que a água salgada é algo salutar também para o ser humano? Certamente ela é salutar quando empregada de várias formas. A talassoterapia, por exemplo, é a recuperação da saúde pela exposição à água salgada do mar. Quando vamos à praia e entramos na água do mar também nos beneficiamos do contato externo com esta água, devido, entre outros fatores (diminuição da gravidade, etc), à absorção de elementos minerais pela nossa pele, presente nessa água salgada.

A porosidade de nossa pele externa (e mucosas internas) faz com que as substâncias que entram em contato com nossa pele sejam parcialmente absorvidas pelo nosso corpo, passando a circular pela corrente sanguínea. Portanto, deveríamos ter cuidado com todas as substâncias que entram em contato com nossa pele. Aquilo que nos faz mal (perturba a saúde) ao engolirmos pela boca (e que entrará em contato com nossas mucosas), não deveria também entrar em contato com nossa pele. Tomar banho com água não apresenta problema, pois podemos tomar alguns goles dessa água sem prejudicar nossa saúde. Porém, durante o banho com água costumamos usar xampu ou sabonete líquido (ou sólido) para limpar a pele, o que não é saudável, já que alguns goles dessas substâncias não nos fará bem. O mesmo alerta vale para os detergentes para limpar pratos e talheres na cozinha (melhor usar luvas para lavar esses objetos, evitando contato danoso com essas substâncias nocivas; médicos usam luvas em cirurgias por motivos semelhantes). Contato de nossa pele com a água salgada do mar é algo saudável (assim como para todos os animais marinhos) e, portanto, também é saudável ingerirmos alguns goles de água salgada. Idealmente, para manter nossa vida (e saúde) deveríamos manter nossa pele sempre em contato com coisas vivas e não em contato com coisas mortas (roupas, calçados, etc) que levam às doenças e morte.

Porém, a água salgada marinha de nossas praias está cada vez mais poluída, assim como o sal comum refinado (branco) que extraímos dessa água. Qual é, portanto, a alternativa? É usarmos o sal rosa do Himalaia, sem poluição, extraído de minas daquela região asiática. Atualmente é muito comum encontrar este sal à venda aqui no Brasil. Como usar esse sal?

Não existe um fator que limite mais o nível de energia de uma pessoa média do que a disfunção adrenal (das glândulas endócrinas adrenais ou supra renais) [1]. Toxinas do ambiente, falta de nutrientes na dieta e estresse afetam a saúde de nossa adrenal e, portanto, na capacidade de nossas adrenais (supra renais) produzirem os hormônios críticos de suporte ao nosso metabolismo chamados epinephrina (adrenalina), norepinephrina e aldosterona. Você não funciona ou sente-se bem quando esses hormônios não estão presentes nos níveis adequados. O sal rosa do Himalaia provavelmente ajuda a função adrenal melhor do que qualquer outra prática individual. Qual a técnica? Basicamente, é apenas beber água salgada (com sal do Himalaia) de forma estratégica, que leva a efeitos muito poderosos. Obviamente, o sal rosa do Himalaia é muito diferente do sal de mesa tradicional (branco). As propriedades únicas deste sal específico permite nutrir o corpo de uma forma difícil de conseguir por qualquer outro meio.

Que é exatamente o sal rosa do Himalaia?

Sal do Himalaia é um tipo único de sal marinho extraído por mineração de leitos antigos de mar em um local específico da região de Punjabi no Paquistão. Ele supre 83 tipos de minerais. A maioria dos 83 minerais encontrados no sal (rosa) do Himalaia são extremamente raros de encontrar em nossa alimentação. Como o sal do Himalaia é extraído de minas de leitos de mar soterrados a 200 milhões de anos atrás, ele é completamente isento de metais pesados e outras toxinas que aparecem nos sais marinhos obtidos dos oceanos poluídos de hoje em dia. 

A recomendação dada em [1] é tomar um copo grande de água moderadamente salgada imediatamente ao levantar da cama e, posteriormente, tomar outro copo grande de água levemente salgada (com sal do Himalaia, óbvio), antes da primeira refeição do dia. São dadas três razões para agir desta forma: 

Razão 1: Poupe as suas adrenais pela manhã 

Essa ingestão de água salgada pela manhã ajuda muito o nosso corpo. Primeiro, ela reduz a exigência sobre nossas adrenais como a primeira coisa pela manhã.Quando acordamos pela manhã nosso corpo naturalmente deseja elevar nossa pressão arterial do sangue. Esse aumento na pressão do sangue garante que tenhamos sangue adequado no nosso cérebro quando mudamos da posição deitada para a posição em pé (para não desmaiarmos). Mais genericamente, o aumento na pressão do sangue irá acionar rapidamente todos os sistemas do corpo que estão relativamente estagnados quando estamos dormindo. O problema é que, para aumentar a pressão do sangue, o cérebro requisita que as adrenais bombeiem adrenalina. Isto é uma tarefa grande para as suas adrenais como primeira coisa pela manhã, e pode estressá-las bastante (particularmente se elas estão operando cronicamente abaixo de 100%). É por isso que beber a água salgada imediatamente ao sair da cama é algo crítico. Quanto mais você demora para fazer isso, mais as suas adrenais têm que trabalhar. Bebendo água salgada como primeira coisa pela manhã subverte este sistema, subindo ligeiramente sua pressão sanguínea por um curto período de tempo. Isto significa que suas adrenais terão que fazer menos esforço para aumentar a pressão do sangue, e portanto economizando sua produção para o resto do seu dia. Este procedimento gera muitos bons resultados - você notará que seus níveis de energia permanecerão elevados por todo o resto do seu dia se você fizer isso.

Razão 2: Limpe o seu sistema gastrointestinal

A segunda coisa que a água salgada faz é prover o seu sistema gastrointestinal com uma poderosa desintoxicação, como primeira coisa do dia. Limpar a matéria estagnada do seu trato gastrointestinal permite ao seu sistema digestivo funcionar mais eficientemente - absorvendo mais nutrientes e exigindo menos das fontes de energia do seu corpo. Esta limpeza intestinal ficará mais aparente na primeira semana de uso desta técnica. 

Razão 3: Alta hidratação

Outra importante coisa que esta técnica de beber água salgada pela manhã acarreta é hidratar completamente o corpo. Isto é muito importante, mas negligenciado pela maioria das pessoas. Nós perdemos uma quantidade significativa de água através da respiração e pela transpiração durante o sono. Por isso, é quase certo que você acorda pela manhã desidratado. Hidratar completamente seu corpo pela manhã antes de colocar qualquer alimento ou líquido no seu estômago é uma prática poderosa. Hidratar-se, como a primeira coisa de manhã, melhora a digestão, elimina toxinas, melhora o desempenho mental e (notável facilmente) melhora a pele. As pessoas tendem a pensar que a água é o único componente da hidratação, mas os eletrólitos e os minerais têm também um papel crítico na absorção da água. Beber água com o sal do Himalaia permite ao seu corpo hidratar mais completamente. Quase todas as águas que bebemos não possuem a quantidade de minerais que nossos corpos necessitam. Beber água com conteúdo mineral inadequado irá acabar retirando minerais do nosso corpo, aumentando ainda mais nossas deficiências crônicas. Bebendo sua água ligeiramente salgada irá resolver este problema.

Eliminando suas deficiências minerais

Nosso sistema hormonal, as adrenais em particular, requer um grande conjunto de minerais para funcionar adequadamente e produzir todos os nossos muitos hormônios em níveis ótimos. Muitos desses minerais são muito difíceis de obter via alimentação, e muitos de nós possuem deficiências crônicas desses elementos. Felizmente, o sal do Himalaia é uma grande fonte de muitos desses minerais difíceis de se encontrar que o seu corpo precisa. Beber essa água salgada todo dia irá lentamente repor esses minerais no seu corpo ao longo do tempo. Muitas pessoas passam a se viciar em sal do Himalaia quando começam este regime. Isso ocorre porque o seu corpo reconhece esse sal como uma fonte desses minerais que estão faltando e geram o vício como consequência.

O sódio tem um papel crítico em cada célula do nosso corpo, e as adrenais, em particular, são particularmente dependentes de um nível adequado de sódio para funcionar adequadamente. Muitas pessoas "voltadas para a saúde" de forma errada evitam sal e sódio em suas comidas e bebem bastante água (com conteúdo mineral inadequado), o que retira ainda mais o sódio do corpo. Como resultado, deficiência de sódio é muito mais comum do que você pensa, a maior parte em pessoas que tentam comer de forma saudável.

Uma alternativa (simples, porém menos otimizada do que a técnica apresentada acima) é beber água do mar [2],[3],[4],[5]:


Cura pela água do mar (Impressionante esta informação - RECOMENDADÍSSIMO!!!!)

00:29 Escola Flor da Vida 8 Comments
Saiba você que beber 3 copos de água do mar isotônica (2/3 de água do mar 1/3 de água mineral), não fará mal e ao contrário do que a pseudo ciência prega, podemos viver bebendo água do mar?
René Quinton
Foi o que postulou René Quinton - (1866-1925), também chamado de darwin francês, foi um naturalista, fisiologista e biólogo que concluiu em 1904 que o mar é um fluido de plasma como os encontrados em nossas células. 

água do oceano é o plasma no planeta visto como uma célula do cosmos, e logicamente isso influencia todos os processos de vida da Terra.
Quinton começou a organizar sua teoria sobre a Origem da Vida, que ele resumiu em seu tratado "L'Origem de Mere", publicado em 1907, mas teve a vida abreviada, interrompida, depois ser convocado para o exército francês durante a Primeira Guerra Mundial, morrendo em 1925 decorrentes de ferimentos de guerra... Com certeza de algum “fogo amigo”.
No seu livro ele estabelece cientificamente a relação orgânica que existe entre água do mar e plasma sanguíneo e expôs a hipótese de que a célula viva primordial veio do ambiente marinho, do oceano.


100 anos se passaram depois que René Quinton fundamentou que 15 elementos da tabela periódica estavam presentes no plasma marinho. Ele suspeitava da existência de mais 5 e concluiu que a comunidade científica encontraria a todos mais tarde...
Henry Doffin, Professor de Biologia na Universidade de Poitiers, França, em 1950, foi o primeiro a afirmar que a água do mar profundo continha todos os minerais conhecidos.
Doffin definiu como uma "massa fluida formidável, enriquecida por todas as células extraídas das rochas do fundo do mar ou entregues pelos rios; cada litro é 'panatonic", ou seja, contém todos os elementos existentes.
Cada litro de água do mar corresponde em média a 300 miligramas de derivados de carbono prebióticas, tais como aminoácidos, açúcares, vitaminas, etc
René Quinton curou dezenas de milhares de crianças na França e do Egito com plasma marinho, provenientes de águas oceânicas.
Ele erradicou algumas das doenças mais virulentas infantis como a cólera e infecções gastro-intestinais do tempo na França. Na década de 1950 os benefícios de sua terapia foram ainda mais justificado pelo thalasso-terapia, a terapia que utiliza água oceânica banhos
Quinton tinha um sonho de trazer oceano de plasma para as crianças na África que sofrem de disenteria, cólera e desidratação - mas assim como todos os outros que “tentaram” trazer a realidade para os demais na face da Terra, foi ceifado dessa idéia.
Estima-se que cerca de 1 milhão de pessoas em todo o mundo compareceram ao seu funeral.

No primeiro encontro internacional realizado em Tenerife em 2003, a Doutora Maria Jesús Clavera Ortíz expôs uma matéria com o título:
O uso da água do Mar em Pediatria” concluindo que “o plasma marinho está especialmente indicado para toda patologia aguda ou crônica que envolva o sistema digestivo, mucosas, pele, assim como o sistema imunológico (infecções ou alergias)” e termina dizendo que “nos países com escassez de recursos, a água do mar tem um grande valor como nutriente em si mesma, como re-hidratante e como um importante agente antiinfeccioso natural”
A água do mar isotônica não trata apenas crianças, embora se tenha dado prioridade a essas aplicações. Ela produziu resultados notáveis em casos de anemia, doença de pele, tifo, desidratação, distúrbios do sistema nervoso, abortos, problemas intestinais, raquitismo, anorexia, toxemia e, também, como diluente para antibióticos.
A água do mar isotônica (plasma de Quinton) e hipertônica (Quinton via oral) são produtos insubstituíveis. Por sua própria natureza, estão em osmose com o organismo e fornecem a totalidade dos oligoelementos necessários, na dosagem e proporção adequadas à saúde do indivíduo ocorrendo uma sinergia entre os sais da água do mar e o organismo beneficiado
E dezembro de 2004, coincidindo com o 2º Congresso Internacional da Água do Mar, no qual participaram apenas 22 universidades, se celebrou uma experiência única.
O Primeiro Naufrágio Voluntário entre 7 “náufragos voluntários”, uns durante 4 dias e outros 7 dias, sobreviveram sem água doce nem alimento, consumindo exclusivamente água do mar, demonstrando-se assim, ante a Comunidade Científica Internacional, o poder nutricional celular da água do mar, suficiente para que um náufrago sobreviva em alto mar com água hipertônica (consumo direto), sem necessidade de beber água doce.
O que acabou desmentida a crença (pseudo científica) de que quem sofra um naufrágio, e beba água do mar, morrerá ou ficará louco.
náufrago não só se hidrata como se nutre celularmente.
Dando fim ao mito do qual se sustentam as estatísticas que assinalam que 90% dos náufragos morrem no terceiro dia por desidratação.

Moremos porque o programa da Matrix 
diz que não é possível!
Além de hidratar o organismo matando sua sede, a água do 


mar inibe a sensação de fome!
A água do Mar deve ser buscada longe da praia, de saídas de esgoto, cais ou acesso a grupo de pessoas. Deve ser filtrada por algodão - não aquecida mantendo sua temperatura, pois isso altera suas propriedades - diluída inicialmente em água destilada (cada vez menos), sendo reduzida a sua concentração normal de 34 por mil para a concentração fisiológica do sangue, isto é, 8,5 por mil de cloreto de sódio.
Rene Quinton demonstrou que o nosso corpo é constituído por 7/10 desta água salgada que cobre os 7/10 do globo. E também que os glóbulos brancos humanos continuam a viver na água do mar enquanto morrem em qualquer outro meio artificial.
O plasma de Quinton curou grande número de enfermidades que se imaginavam incuráveis e que a medicina de seu tempo e as técnicas de Pasteur simplesmente não podiam tratar.
René foi considerado em todo o mundo como um grande benfeitor da Humanidade, homenageado por grande número de chefes de Estado, militares médicos, intelectuais até o começo da Primeira Guerra Mundial...
Mas o interesse econômico das vacinas e dos laboratórios que começavam a invadir o mercado sufocou a saúde. Os negativos não iriam financiar cura de nada e muito menos algo que seja grátis na natureza e com poder de reequilibrar o organismo 100%.
Então o foco foi direcionado a Darwin e Pasteur, que tiveram em seu crédito as melhores referencias mundiais de profissionais renomados – PHDs e doutores no assunto - para endossar qualquer coisa que justificasse a produção de um medicamento artificial que deixasse a humanidade completamente nas suas mãos – como antibióticos, vacinas de todas as pragas etc.
René Quinton foi silenciado, reservado a um arquivo “morto” e de tema “tecnologicamente medieval” – imagine curar alguém bebendo água do mar – um material tão abundante no planeta e livre de impostos!

Video gentilmente indicado por Adriana


Quero com isso deixar claro que nosso tempo urge e temos muito que aprender e a desmistificar. Daqui para frente vamos ver o que a nossa intuição mostrar, mas em todo caso, leia antes e investigue tudo, antes de tirar conclusões precipitadas.

Não Confunda Bife à Caçarolinha com Rifle de Caçar Rolinhas.

laura botelho
Agradeço a minha amiga Celinha por me enviar um rico material para essa postagem.

Referências:
[1] Heal Your Adrenals With Himalayan Salt (Cure suas adrenais com o sal do Himalaia),  http://www.earth-heal.com/news/news/28-nutritional-medicine/3386-heal-adrenals-himalayan-salt.html
[2]  https://www.youtube.com/watch?v=ZR0YV5ICZew
[3]  http://forum.antinovaordemmundial.com/Topico-beber-%C3%A1gua-do-mar-cura-e-equil%C3%ADbrio-da-sa%C3%BAde-ren%C3%A9-quinton
[4]  http://br.innatia.com/c-minerais-pt/a-como-beber-agua-do-mar-para-aproveitar-seus-beneficios-8390.html
[5]  http://ggeraldocampos.blogspot.com.br/2016/02/beba-agua-do-mar-e-tenha-saude-contatos.html

Labels: , , , , , , , ,


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?