Sunday, August 06, 2017

 

Os Pneus do Futuro já Chegaram !


Adeus às sacanagens de esvaziar pneus!
Adeus ao pneu furado por pregos!
Adeus ao equipamento de ar comprimido, nos postos de combustíveis, para "calibrar os pneus".
Adeus à profissão de borracheiro!
Os pneus do futuro são equivalentes (com várias vantagens) a um pneu de borracha maciça. Veja abaixo alguns deles já em uso.

Mais uma profissão a ser extinta: Borracheiro


 Eles aí estão - SEM AR !


            
Descrição: Pneus#1
Descrição: Pneus#2 
Novos Pneus surpreendentes .......................
Pneus Michelin ... Absolutamente assustador ...

Eles são feitos na Carolina do Sul , EUA .

Concepção Radical do novo pneu da Michelin .

A próxima geração de pneus.

Descrição: Pneus#3
          
t
Descrição: Pneus#4
Descrição: Pneus#5
Descrição: Pneus#6
Descrição: Pneus#7

Estes pneus são sem ar e estão programados para estar no mercado muito em breve.

A má notícia para a aplicação da lei é que as tiras de perfuradores de pneus que a polícia usa
para bloqueio de transito não funcionará neles.

Basta pensar no impacto na tecnologia existente:

A. Não há mais válvulas de ar ...

B. Não há mais compressores de ar em postos de gasolina ...

C. Não há mais kits de reparação ...

D. Não há mais pneus vazios...

E. Não há mais “calibragem” de pneus ...

Estas são imagens reais tiradas na Michelin na Carolina do Sul.


Em futuro próximo, os postos de combustíveis (centros de poluição) irão desaparecer porque os veículos serão movidos por energia livre (energia do ponto zero - EPZ - ou zero point energy - ZPE, em inglês), com poluição zero, via motores/geradores que extraem essa energia em qualquer ponto do universo [como o motor Perendev, por exemplo]. Quando a energia elétrica ZPE tiver sua geração distribuída por todos os lares (ao invés de geração concentrada nas usinas hidrelétricas, atômicas, termoelétricas, etc) haverá uma revolução muito maior que aquela que aconteceu quando passamos a ter computação distribuída (computadores pessoais) ao invés de apenas computação concentrada (em poucos mainframes).

No futuro também poderemos prescindir de alimentação bucal para sustentar nosso corpo físico, usando apenas a energia ZPE, não mais poluindo o mundo através dos nossos banheiros (via urina e fezes) [1][2]. Já reparou que quando você se levanta pela manhã você está se sentindo bem melhor do que na hora que foi para cama à noite? Durante a noite você se alimentou apenas com ar (via respiração da ZPE) e está passando muito bem. De dia você passa a se alimentar pela boca (sólidos e líquidos) e chega no final do dia bem cansado. Será que esse hábito de inserir substâncias pela boca não está nos desgastando? 

Referências:
[1]  http://www.eusouluz.iet.pro.br/vivendodeluz.htm
[2]  http://www.vivendodaluz.com/

Labels: , , , , ,


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?