Thursday, May 15, 2014

 

A Falsa Morte de Elvis Presley


Elvis Presley foi pressionado pela CIA para "doar" um de seus jatos para que essa agência o usasse para tráfego de drogas (para gerar fonte orçamentária para suas operações secretas, não contabilizadas pelo governo dos Estados Unidos). Elvis não gostou da pressão e foi reclamar para o FBI. Lá propuseram, e ele aceitou, ser colocado em um "programa de proteção a testemunha", com ele passando a usar o nome secreto de "John Burrows" e passar a viver parte do ano no Estado de Michigan e, outra parte do ano, em Buenos Aires (Argentina). Isto ocorre até hoje.

Existe uma série de indícios relacionados a essa falsa morte do cantor [1]:

1. Um casal viu um helicóptero negro (sem marcações) pousar e logo decolar da residência de Elvis no dia do seu suposto falecimento.

2. A apólice de seguro de vida de Elvis nunca foi cobrada.

3. O caixão de Elvis era extremamente pesado e requereu mais de 6 (dizem também 9) pessoas para carregá-lo. Pesava entre 700 e 900 libras. Por que? Porque ele tinha um sistema de bateria embutido para alimentar um sistema de refrigeração para evitar que o boneco de cera (na forma de Elvis) se derretesse no calor, durante o velório.

4. Testemunhas que conheciam Elvis muito bem disseram que o corpo no caixão não parecia com ele de forma alguma e parecia mais com uma figura de cera como no museu de cera de Madame Tussauds de Londres. O nariz era bem diferente do de Elvis e as mãos do boneco eram muito limpas e suaves, diferentes da de Elevis que eram rudes e fortes por causa dos muitos anos em que ele praticava karatê. Além disso, muitos amigos íntimos de Elvis foram convidados a não comparecer no funeral, talvez para evitar muita atenção para a figura de cera no caixão.

5. Dizem que Elvis fez contatos, antes de sua "morte", investigando a possibilidade de fazer uma figura de cera de si mesmo.

6. Elvis comentou com muitos amigos e com a família que ele desejava ser enterrado junto com sua falecida mãe, mas ele foi enterrado em outro lugar, nas proximidades.

7. O nome de Elvis foi grafado errado no seu jazigo, como Elvis Aaron Presley, quando o correto é Elvis Aron Presley, que era o nome que ele assinava em todos os seus contratos.

8. Existe evidência de que Elvis gravou uma nova canção após a sua morte virtual falsa, que foi tocada em rádios.

9. Foram feitos inúmeros avistamentos e algumas fotos de Elvis vivo após o suposto dia de sua morte e uma delas ao lado de Muhammad Ali (famoso pugilista norte-americano, campeão mundial dos pesos-pesados, que começou sua carreira usando o nome de Cassius Clay).

10. Existe pelo menos uma gravação telefônica decente de Elvis falando com um de seus fãs após a sua falsa morte virtual.

11. Comenta-se que após sua falsa morte, Elvis foi de férias para Buenos Aires e depois foi viver no Estado de Michigan (USA), supostamente onde ele ainda reside em sua casa secreta.

Alega-se que Elvis A. Presley morreu em 16 de agosto de 1977. As canções de Elvis ainda continuam gerando muito dinheiro...

Referência:
[1] http://www.veteranstoday.com/2013/12/05/death-of-elvis-faked/

Labels: , ,


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?