Wednesday, September 22, 2010

 

Nossos Chakras e a Terra Oca


Olhando nosso corpo de frente parece que temos sete chakras (centros energéticos rotatórios), mas numa visão tridimensional temos, na realidade, doze chakras (seis pares = 5 eixos horizontais + 1 eixo vertical, ligando o chakra da coroa com o chacra da base), conforme pode ser visto na figura abaixo.

Como o ser humano anda completamente na vertical e a nossa Terra é oca contendo um Sol Interno (chamado de "Espírito Santo" na Bíblia), nós que moramos na superfície externa (convexa) recebemos mais energia do sol interno no nosso chakra mais inferior, ao passo que os humanos que habitam a superfície interna (côncava) recebem mais energia no seu chakra superior, o que propicia um maior desenvolvimento espiritual desses seres. A figura abaixo mostra a distribuição geométrica comentada acima.

A maioria dos animais andam de quatro e, portanto, recebem um estímulo uniforme em todos os seus chakras e, dessa forma, possuem uma melhor saúde e um melhor equilíbrio que os seres humanos. Quando nos deitamos (ao dormir, por exemplo), ficamos numa posição semelhante aos dos animais e também estimulamos mais uniformemente todos os nossos chakras, o que nos é muito salutar.

Os seres humanos são seres com doze corpos, um para cada planeta solar ou signo do zodíaco (ou para cada um dos dedos dos pés ou das mãos dos anunnaki, os criadores da raça homo sapiens). Todos os doze corpos possuem densidades e funções diferentes, e interpenetram uns com os outros. Cada um desses corpos está ancorado por centros de energia chamados de chakras que, por sua vez, estão ligados às principais glândulas endócrinas do corpo.

Os habitantes humanos da Terra Interna, que andam na vertical como nós, têm suas cabeças sempre voltadas em direção ao sol interno central e recebem estimulação mais intensa nos seus chakras superiores (especialmente no terceiro olho), enquanto nós da Terra Externa recebemos estimulação plena de nossos chakras inferiores (especialmente o da base). Os habitantes da Terra do Meio (Middle Earth), no interior da crosta terrestre, recebem uma estimulação equilibrada de todos os chakras pois existe um dispersão da luz e da energia bem no interior da crosta da Terra (leia o livro Etidorhpa, a esse respeito). Isso é especialmente assim na região de gravidade zero, onde o corpo físico está num repouso perfeito e onde não há qualquer envelhecimento ou deterioração. A força da gravidade e o envelhecimento estão muito inter-relacionados.

O estímulo maior dos chakras superiores resulta em indivíduos que são dominados por suas faculdades mentais e espirituais mais elevadas, enquanto a estimulação dos chakras inferiores resulta em indivíduos que são governados por suas naturezas física e emocional mais baixas. A maioria dos animais andam de quatro, com seus chakras na horizontal e, portanto, recebem estímulos iguais em todos os seus centros energéticos, o que os deixam mais saudáveis e mais equilibrados do que os seres humanos. Quando nos deitamos (quando estamos descansando ou dormindo) permitimos que haja estímulo igual em todos os centros energéticos do nosso corpo e, portanto, isso é muito regenerativo. Ficando de ponta cabeça (a cabeça em baixo e as pernas em cima) ou dormindo com um travesseiro debaixo de nossos pés (ao invés de sob nossa cabeça) não apenas aumenta o fluxo de sangue na cabeça, mas também aumenta o estímulo dos chakras da coroa e da testa (pineal, terceiro olho) que são responsáveis por nossas faculdades superiores.

Muito tempo atrás, quando a Terra estava envolvida por uma camada atmosférica (canopy=dossel, cobertura, telhado, proteção) de água e gelo (como ocorrerá novamente no futuro, com a evaporação mais intensa causada pelo aquecimento global), os raios do sol interno eram totalmente capturados e refletidos por essa camada e permaneciam confinados na atmosfera terrestre, o que resultava em uma estimulação maior e mais uniforme de todos os nossos centros vitais (como consequência, vivíamos muito mais tempo no nosso corpo físico, como nos contam a Bíblia e os Vedas). Quando esta camada foi destruída ou retirada, causando a Grande Inundação (Dilúvio), o processo degenerativo se estabeleceu. O maná/prana que provia todas as nossas necessidades alimentares em todos os níveis, se dissipou, e a fome e a luxúria, além do sentimento e pensamento inferiores, se firmaram em nossas vidas.

A regeneração total começa no nível físico com um ambiente saudável, e isso pode apenas acontecer quando a cobertura aquosa do planeta for restaurada permitindo que toda a energia do sol interno (que a Bíblia chama de "espírito santo") reative completamente todos os nossos chakras e centros de energia e nos torne inteiros novamente.

Fonte: http://www.librarising.com/esoterica/chakras.html

Labels: , , , , , , , ,


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?