Monday, October 18, 2010

 

Meditações do Osho - 43


A porta para o divino é a espontaneidade. Ser espontâneo é ser divino. A mente nunca é espontânea, ela está sempre no passado ou no futuro, está naquilo que já foi ou naquilo que ainda não aconteceu. Entre um e outro, ela perde aquilo que é - ou seja, a porta presente.

O momento presente não é parte do tempo, porisso a mente não pode acessá-lo. Mente e tempo são sinônimos. Você pode dizer que a mente é o tempo dentro de seu ser, e o tempo é a mente fora de você, mas eles são um único fenômeno.

O momento presente não é parte do tempo nem da mente. Quando você está no momento presente, está em um estado divino. Esse é o verdadeiro significado da meditação, o verdadeiro significado da oração, o verdadeiro significado do amor. E, quando você age no momento presente, essa ação nunca é escravizadora, porque não é sua: é o divino agindo através de você, é o divino fluindo através de você.

Fonte: Osho, Meditações para a Noite, Verus Editora, Campinas-SP, 2006.

Labels: , ,


Comments:
(A porta para o divino é a espontaneidade. Ser espontâneo é ser divino.)
Eu com os anos tornei-me um expontanio mais certo.
Em novo era na mesma expontanio mas errava muito !
Mas dai a considerar-me divino vai uma diferença abismal .

Obs: Este blogue é interessante .

Assinado: Sílvio Amarok
 
Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?