Wednesday, August 12, 2015

 

A Monodieta


Por definição, a monodieta é a ingestão de apenas um alimento por um ser vivo. Está implícito, na monodieta, o uso adicional de três coisas: água, ar e luz solar. Todos os animais e os seres humanos podem manter uma vida saudável tendo uma monodieta, se o único alimento ingerido rotineiramente for adequado para aquela espécie. Por exemplo, o coala (um pequeno urso da Austrália) vive apenas comendo folhas de eucalipto. Zebra, cavalo, bovino ou antílope podem viver, com saúde total, comendo grama a vida toda. Uma criança recém-nascida pode viver saudável, durante o seu primeiro ano de vida, apenas com a seguinte monodieta: sugando o leite do seio da sua mãe. Um bezerro pode viver de modo saudável mamando apenas leite da sua mãe, a vaca. Porém, aqui vai um fato interessante: se o bezerro tomar exclusivamente leite da vaca pasteurizado (aquele leite que nós compramos no supermercado) ele morre em pouco tempo. Por que? Porque leite pausterizado é leito morto, no qual todas as enzimas foram destruídas pelo alto aquecimento (processo chamado de pasteurização). Portanto, leite de vaca pasteurizado não deve ser dado a crianças em fase de amamentação e, muito menos, tomado por pessoas adultas (nenhum animal mamífero bebe leite após sua fase de amamentação; só o ser humano faz isso, morre tomando leite).

Uma pessoa pode ter uma vida perfeitamente saudável com uma monodieta consistindo apenas de bananas cruas (ou qualquer outra fruta crua). Com essa monodieta a pessoa, além de ter uma saúde perfeita, irá se livrar de qualquer doença que a  esteja perturbando. Por outro lado, se a pessoa tiver uma monodieta de apenas "comida cozida" ela irá morrer rapidamente. Isso foi verificado experimentalmente [1]: "Comida cozida, como advogada pela arte médica, não consegue sustentar o nosso corpo. Isto foi descoberto em um teste com 6000 (seis mil) homens selecionados por seus vigores excepcionais e foi relatado por Alfred McCann no New York Globe, de maio de 1915. Em menos de 15 meses, 4000 desses homens robustos estavam mortos, e o resto estava se afundando rapidamente, mas foram salvos quando foram alimentados com alimento cru. Todas as pessoas que subsistem com uma dieta regular de comida cozida são salvas da morte pelo pouco de alimentos crus que elas comem". Aqui no Brasil, em 2006, 33 pessoas morreram de beribéri no Estado do Maranhão por causa  de uma monodieta forçada de arroz branco cozido [3]. Portanto, se você tem o hábito de comer arroz branco todos os dias, saiba que você não está morto(a) neste momento é porque você come outros alimentos (crus), que "compensam" o malefício do arroz branco (dito "beneficiado", mas que na realidade é "maleficiado").

Em uma situação limite, o ser humano consegue viver com saúde apenas com os elementos implícitos da monodieta, a saber, usando apenas água, ar e luz solar [2], sem qualquer outra ingestão bucal de alimentos. Obviamente, a água e o ar, neste caso, não podem estar poluídos. O ar poluído, como nas câmaras de gás nazistas da Segunda Guerra Mundial, mata as pessoas rapidamente. Portanto, não more nas grandes cidades. A pulverização da atmosfera terrestre com elementos químicos venenosos através de aviões (gerando as famosas "trilhas químicas") tem o objetivo de reduzir drasticamente a população mundial, mandando você mais rápido para o cemitério. 

Referência:
[1] Hilton Hotema, Empyreal Sea: How High Do You Climb? Live 1400 Years, Health Research, 2001. ISBN 0-7873-0445-X.
[2] Jasmuheen, Viver de Luz: A fonte de alimento para o novo milênio, Editora Aquariana, São Paulo, 2000.
[3]  http://saudeperfeitarfs.blogspot.com.br/2009_09_01_archive.html

Labels: , , , , , , ,


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?