Monday, August 07, 2017

 

A vida sempre continua


Abaixo trechos deste livro [1] do autor Américo Simões.

Os cuidados para com o corpo físico são tão importantes quanto para com o nosso lado espiritual. Pois dependemos desse físico enquanto na Terra estivermos para cumprir nossa missão de vida, estender a mão ao próximo, ser os braços e pernas de Deus.

O que fazemos contra nós mesmos, no fundo, estamos fazendo contra os nossos entes queridos e contra as pessoas que nos amam de verdade. Não se importar com quem nos ama é uma forma de egoísmo.

Não importa se você trabalha ou não, você precisa se dar férias anualmente. Pelo menos uma vez por ano deve viajar para algum lugar, pois uma viagem renova nossas energias.

A palavra oração é a junção de palavra orar com a palavra ação. Ou seja, nenhuma oração pode surtir efeito na nossa vida se nós não nos pusermos em ação. Quando uma oração não surte efeito, é porque oramos sem agir. Para que a oração tenha êxito, precisamos entrelaçá-la com ações, atitudes cabíveis no dia-a-dia.

Para manter seu físico sempre sadio é necessária uma alimentação sadia, pôr o físico para se exercitar e a mente para relaxar por meio de uma meditação.

A partir do momento que o espírito se adapta ao físico, passa a dominá-lo, o corpo e a alma tornam-se uma coisa só, ao menos enquanto na Terra estiver. Quando o físico se esgota, ele perde o poder de condensar o espírito dentro dele, dá-se, então, o que chamamos de morte. O espírito, então, voltou a ser o que é em essência, um ser, alma, isento desse corpo físico, composto de matéria terrestre, que obteve para encarnar na Terra. A morte é o desmembramento um do outro. A gente enterra somente o corpo morto de uma pessoa. A essência, a consciência daquela pessoa está no espírito e ela não está mais ali, naquele corpo, ela segue agora para o local de onde veio, chamado de plano espiritual ou espaço além da matéria.

O oposto da vida não é a morte. A morte é o oposto do nascimento. Não existe palavra para descrever o oposto da vida, porque vida não tem oposto. Só existe vida o tempo todo no cosmo e eternamente.

O momento de morrer é indolor, por mais que alguém esteja com dor. Por isso os franceses comparam o momento da morte com o orgasmo. O lado de lá é apenas uma extensão do você de agora... Somos eternos, espíritos errantes dentro deste cosmos infinito.

Voltaire disse que o trabalho nos livra de três males: a miséria, o tédio e o vício. E é verdade! Trabalho é intrínseco à vida. Não dá para viver sem trabalhar.

Devemos ajudar financeiramente alguém de modo sadio. Ajudar ser torná-lo um acomodado. Evolução só se consegue quando se assume responsabilidades.

Há pessoas que chegam do lado de lá fragilizados por causa de uma doença carnal que afetou o espírito.

Referência:
[1] Américo Simões Garrido Filho, A vida sempre continua, Barbara Editora, São Paulo, 2012.

Labels: , , , , , ,


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?