Saturday, September 04, 2010

 

Meditações do Osho - 10


A coisa verdadeira é a experiência. Por isso, minha ênfase é sempre na experiência, não na crença. Não acredite no que eu digo. Tente e experimente você mesmo.l A menos que você tenha experienciado, resista à tentação de acreditar. A tentação está sempre presente, porque acreditar é muito barato. A mente diz: "De que adianta investigar, inquirir, explorar? Para que se incomodar com isso? Apena acredite! Buda sabe, Jesus sabe, Lao Tsé sabe, Zaratustra sabe, então por que você vai se dar o trabalho de investigar? Se todos eles dizem que é assim e assado, então deve ser". Mas, se Zaratustra bebe, ele sacia a própria sede, e você não! Se Zaratustra sabe, é ele quem sabe, e não você!

Acreditar é a morte, é um ponto final; você simplesmente dá aquilo como certo. Alguém diz alguma coisa, alguém com autoridade - como a Bíblia, o Alcorão, o Gita -, e você simplesmente acredita naquela autoridade. Acreditar em qualquer autoridade é destruir a sua própria inteligência. Todas as autoridades são destruidoras da inteligência.

Só insistem na crença aquelas pessoas que nada sabem. Elas têm medo de investigar, têm medo de duvidar, têm medo de questionar. Elas reprimem todo questionamento, condenam toda dúvida.

Portanto, eu tenho de ser apenas uma hipótese para você. Eu dou-lhe uma hipótese, e agora você tem de investigar. E eu sei que você encontrará a verdade, porque eu a encontrei com a mesma investigação. Confio na inteligência de todas as pessoas, bem como em seu potencial intrínseco.

E no dia em que você descobre que você é um com o todo, você chega em casa. Agora você se sente tão abençoado que é capaz de abençoar todo o universo.

Fonte: Osho, Meditações para a Noite, Verus Editora, Campinas-SP, 2006.

Labels: , , , , ,


Comments:
nao busqueis as leis em vossas escrituras, porque a lei é a vida, enquanto o escrito, está morto.
 
I like that!
 
Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?