Thursday, September 30, 2010

 

Meditações do Osho - 28


A única preparação necessária para experimentar o divino é deixar a mente de lado. É nisso que consiste a meditação: uma estratégia para parar essa mente constantemente barulhenta, essa mente louca que vai falando e falando, sem motivo algum. Ela está ocupada mas sem ocupação alguma.

Não estou dizendo que a mente tem de ser destruída. Ela só precisa ser deixada de lado - então, quando você precisar dela, você pode usá-la. É como seu carro, guardado na garagem. Quando você quer usá-lo, você pode tirá-lo da garagem, e assim ser o mestre (do carro e da mente).

Mas, normalmente, a situação mental se torna exatamente oposta: é como um carro que insiste em não entrar na garagem. Ele diz: "Não vou parar e entrar na garagem". Ele diz: "Você tem de correr junto comigo". E ele continua correndo, 24 horas por dia. Mesmo quando você está dormindo, a mente continua ativa. Geralmente isso começa na infância e não pára até a hora da morte, a menos que a pessoa comece a entrar em meditação.

Para aqueles poucos que entram em meditação, a mente pára, e de repente eles notam o sol que se escondia por trás das nuvens da mente. Essa percepção da luz suprema, do sol supremo, é o conhecimento divino.

Fonte: Osho, Meditações para a Noite, Verus Editora, Campinas-SP, 2006.

Labels: , ,


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?