Friday, October 01, 2010

 

Meditações do Osho - 29


Prestamos tanta atenção no exterior que não ouvimos a nossa voz interior. Ela fala de nosso centro mais profundo. Vivemos na periferia, vivemos na mente, e a mente é tão barulhenta que não nos deixa escutar aquela pequena e silenciosa voz interior. Um mestre é necessário apenas como instrumento, porque você só ouve o exterior. O mestre diz, do lado de fora, o que a existência vem tentando lhe dizer há séculos do lado de dentro.

Estar com o mestre é simplesmente se preparar para, um dia, se virar para dentro. E então você poderá fechar os olhos e olhar para dentro, poderá começar a ouvir o que sua intuição quer lhe dizer. E a intuição está sempre certa. O intelecto pode estar certo ou pode estar errado - a dúvida sempre persiste -, ele nunca é indubitável. Mas a intuição não tem a menor dúvida, ela simplesmente sabe. A pessoa intuitiva nunca se arrepende, porque nunca faz nada errado, não pode fazer. Ela simplesmente segue a voz da existência em seu interior.

Fonte: Osho, Meditações para a Noite, Verus Editora, Campinas-SP, 2006.

Labels: , , , ,


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?