Wednesday, June 10, 2015

 

Minimize sua Gravidade


A regra é:  quanto maior a força da gravidade, maior o desgaste do corpo físico. Logo, se você pretende ter uma vida longa e saudável, maximize o tempo que você fica em um ambiente de gravidade reduzida. Como fazer isso? Abaixo vão algumas sugestões.

Quando você pretende descansar, você procura colocar seu corpo na posição horizontal, já que desta forma há uma minimização da força da gravidade ao longo de todo seu corpo, no local em que você se encontra. É também por isso que você prefere dormir deitado, e não sentado em uma confortável poltrona. Já percebi que quando levanto à noite para ir ao banheiro, minha respiração e meus batimentos cardíacos ficam mais fortes, por eu estar lutando contra a gravidade ao me levantar. Uma curiosidade: há informações de que nosso planeta Terra é oco, e que na sua superfície interna a gravidade é bem menor do que aqui na superfície externa onde vivemos. Como consequência, as pessoas da superfície interna vivem uma vida bem mais longa e saudável do que nós aqui na superfície externa. Aqui na superfície externa, onde se concentram a maioria das pessoas centenárias? A maior densidade de centenários ocorre em pequenos vilarejos (com baixa poluição atmosférica) em regiões altas e montanhosas (com baixa gravidade), como em Vilcabamba, no Equador. Próximo da Cordilheira do Himalaia, certamente existem muitos longevos (Hunzas, etc)...

A gravidade é máxima ao nível do mar. Acima e abaixo desse nível a gravidade diminui. Se você observar quem são as pessoas campeãs de longevidade, verá que geralmente são mulheres pobres (comem pouco) que moram no interior do país, longe do litoral. No caso do Brasil, por exemplo, são Maria do Carmo Jerônimo (129 anos) e Maria Olívia da Silva (130 anos), ambas vivendo no interior do país, onde a gravidade é menor que no litoral. Se você morar no litoral, o que você pode fazer para compensar a maior gravidade aí existente? A resposta está no treinamento de astronautas. Antes de os astronautas serem enviados para viagens espaciais ao redor da Terra, onde a gravidade é muito baixa (microgravidade), eles são treinados, aqui na superfície, em locais que simulam ambiente de gravidade zero: ficam se exercitando em grandes piscinas de água, usando vestimenta apropriada (escafandro). Portanto, se você mora no litoral vá tomar banho de mar todos os dias, pois no mar o seu corpo fica submetido a um ambiente com pouca gravidade! Existe até um processo de terapia por água do mar (talassoterapia [1]), que sugere até você tomar alguns goles dessa água.

Se você tiver um pouco mais de recursos financeiros, talvez você possa nadar todos os dias em alguma piscina que possua água não venenosa (que não use cloro para higienização, mas apenas ozônio). Enquanto você está na piscina, você está em um ambiente de gravidade reduzida, para o seu corpo, o que é salutar. Veja um trecho interessante de um livro [2] de Leonard Orr: "Meu amigo Igor Tscharkovsky passou trinta dias em uma piscina (com água, obviamente), 24 horas por dia. Não apenas curou suas enfermidades, como também se converteu em um gênio". Pessoas que se dedicam à natação desde a adolescência, possuem vida longa e saudável, como, por exemplo, aqui no Brasil, a nadadora Maria Lenk [3], que morreu com 92 anos, o ex-nadador João Havelange [4], que foi por muito tempo o presidente da FIFA, e que está ainda vivo aos 99 anos de idade, etc. No mundo, por exemplo, temos o caso de Jaring Timmerman [5], ainda nadando aos 105 anos de idade. Existem clínicas que possuem pequenos tanques de flutuação (flutuários, geralmente, usando sais de Epsom para melhorar a flutuação) onde você pode marcar sessões de flutuação (ambiente de gravidade zero) para melhorar sua saúde. Uma outra atividade muito salutar praticada em piscinas chama-se hidroginástica. Obviamente, pessoas com excesso de peso terão maiores problemas de saúde devido ao efeito da gravidade. Dizem que os dinossauros desapareceram devido a isso...

Os índios brasileiros tinham (será que ainda têm?) uma prática muito salutar de tomar seu banho diário em um rio perto de sua aldeia. Esta prática de banho diário foi passada aos europeus que aqui aportaram na época do Brasil colônia. Se você mora em um local que possui um rio não poluido por perto (como na região amazônica), procure imitar nossos índios.

Você também pode instalar uma banheira em sua casa (uma mini-piscina) para tomar seus banhos diários nela, e colher os benefícios desta prática. Resumindo: para viver por longo tempo com boa saúde, coma pouco, more em um local elevado e entre dentro d'água todos os dias. 

PS: O jornal Folha de São Paulo [6] noticiou hoje (12.06.2015) que morreu um grande brasileiro, Aldo Weber Vieira da Rosa, fundador do INPE (ex-CNAE) e ex-presidente do CNPq, aos 96 anos de idade, no dia 08.06.2015. Veja um trecho da reportagem: "Sempre bem-humorado e irrequieto, dotado de uma erudição enciclopédica, Rosa foi esportista desde a juventude. Com quase 91 anos, quebrou 37 recordes internacionais na categoria Masters de natação e teve seu nome incluído no Hall da Fama. Além de consolidar a sua carreira como pesquisador e nadador, foi em solo norte-americano que formou a sua família..."  

Referências:

[1] https://pt.wikipedia.org/wiki/Talassoterapia
[2] Leonard Orr, Manual de Sanación,  Tercera Edicion, Editorial Las Acacias, Buenos Aires, 2005. ISBN: 987-97580-2-1.
[3]  https://pt.wikipedia.org/wiki/Maria_Lenk
[4]  https://pt.wikipedia.org/wiki/Jo%C3%A3o_Havelange
[5]http://globoesporte.globo.com/eu-atleta/saude/noticia/2014/01/nadador-de-104-anos-comprova-relacao-entre-exercicio-e-longevidade.html
[6] "Pioneiro na Aeronáutica brasileira, Aldo Rosa morre aos 96", Jornal Folha de S. Paulo, pg. B5, Seção Ciência+/saúde, 12 de junho de 2015.

Labels: , , , , , , , , , , , , ,


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?